A forte ligação ao mar, tem a sua origem nos tempos remotos do pré-histórico, quando várias civilizações ocupavam as terras junto à costa, que face à proximidade dos recursos marinhos, trabalhavam essencialmente na indústria pesqueira e conserveira. Ainda hoje, estas atividades económicas são realizadas em Peniche, tendo sofrido algumas adaptações ao longo dos anos para fazer face à procura. É por este motivo, que é tão fácil encontrar um restaurante com excelente peixe e marisco frescos!

Espelhados nas tradições e costumes relacionados com a faina, os recursos marinhos do concelho são um dos principais atrativos locais, assim como as suas praias ao longo de toda a costa.

Mas não só de mar vive esta cidade, também o seu artesanato, as tradicionais Rendas de Bilros (também conhecidas por “Rendas de Peniche”), têm uma forte componente atrativa. A sua origem é incerta, mas remonta garantidamente ao Século XVII, quando se registou a doação de uma renda e se observaram as primeiras pinturas desta arte manual, cuja qualidade e originalidade é cada vez mais notória.

O concelho de Peniche, tem vindo ainda a desenvolver ações de sustentabilidade, com o intuito de conservar e preservar os recursos naturais existentes, manifestando assim, uma elevada preocupação com o meio ambiente, sendo este, um dos principais pontos fortes da cidade.